domingo, 17 de maio de 2015

On 18:15 by Pernambuco Amarelo
Neste mês, órgãos e entidades públicas, empresas e organizações não governamentais se unem para a campanha mundial “Maio Amarelo”. A iniciativa tem como objetivo chamar a atenção de motoristas e pedestres sobre segurança e educação para o trânsito. Os Departamentos Estaduais de Trânsito de todo o Brasil já se mobilizaram e a Associação Nacional dos Detrans (AND) também é parceira nas atividades.
“O movimento ocorre simultaneamente em todo o mundo durante o mês de maio, dedicado a prevenção de acidentes de trânsito e redução de vítimas. Durante o período, diversas ações são realizadas pelos órgãos de trânsito e instituições públicas e privadas. É um momento importante, de união ”, conta o presidente da AND, Marcos Traad.
Para chamar a atenção da sociedade, o Movimento disponibiliza três filmes publicitários para veiculação e assinatura dos Detrans. Os vídeos foram produzidos com o apoio da agência F&Q Brasil e falam do perigo das distrações, como usar o celular e se maquiar enquanto dirige ou caminha. 
“Nós integramos todas as campanhas de segurança no trânsito de uma só forma e o maio amarelo não termina no fim do mês, pois essas ações são contínuas junto aos órgãos”, garante Mauro Gil Meger, vice-presidente do Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV).
Segundo Mefer, a intenção é que os vídeos sejam disseminados em todas as regiões do país. Mesmo sem pesquisas locais sobre a associação do uso do celular nos acidentes de trânsito, esta é uma das maiores preocupações das entidades que atuam com segurança viária em todo mundo. Pesquisas internacionais apontam que nos Estados 25% dos acidentes estão associados ao uso de telefones móveis; em países como a Alemanha, esse percentual pode chegar a 50% e na Espanha, mais da metade dos acidentes registrados, podem ter o celular como causa”, explica.
Atualmente, a disseminação dos aplicativos de “texting” (troca de mensagens ou SMS) ampliou ainda mais os riscos de acidentes. Estudos americanos concluíram que o hábito de checar mensagens de texto amplia em 400% as chances de acidentes nas vias.
“No mínimo, o motorista perde cinco segundos de atenção ao desviar seu olhar para ler uma mensagem. Se ele estiver a 80 km/h terá percorrido um campo de futebol, sem ver o que está acontecendo do lado de fora do carro”, explica o diretor-presidente do ONSV, José Aurelio Ramalho.
O Movimento MAIO AMARELO - PE nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade pernambucana para o alto índice de mortes e feridos no trânsito. Participe!